DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

História das Ideias em Física - EFQ

Ano letivo: 2014-2015
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
2003257213.0pt *)

*) N.B.  se houver estudantes que não falem português a língua é o inglês.

Objectivos formativos

Esta unidade curricular tem como objetivo dar uma visão geral da evolução das ideias em Física nos seus aspetos fundamentais, a sua organização, bem como promover reflexões críticas sobre o desenvolvimento científico e sua conexão com o presente.

Os alunos que concluírem com êxito a unidade curricular irão:

- Adquirir uma compreensão efetiva dos aspetos fundamentais relacionados com a história da ciência e da tecnologia

- Compreender a dinâmica complexa de fatores epistemológicos e culturais que contribuem para mudanças na ciência

- Conhecer de fontes primárias e secundárias da História da Ideias em Física

- Conhecer os diferentes meios de disseminação das ideias científicas

- Relacionar o desenvolvimento científico com os aspectos sociais e tecnológicos

- Usar recursos diversificados de História da Ciência em estratégias de ensino/aprendizagem

- Relacionar o desenvolvimento das ideias em Física com a evolução do ensino

- Tratar documentos históricos e usá-los no contexto educativo

Programa genérico mínimo

1. A Génese da Ciência na Antiguidade

2. Aspectos do desenvolvimento das ideias em Física nos séculos XVII e XVIII

3. As ciências Físico Matemáticas em Portugal no século XVII

4. As ideias em Física na literatura científica no século do iluminismo

5. As Ciências Físico Matemáticas no contexto do ensino nos séculos XVIII e XIX

6. A evolução dos instrumentos científicos nos séculos XVIII e XIX

7. A Física em Portugal nos séculos XVIII e XIX

Pré-requisitos

Formação geral em Física ao nível do 1º ciclo de estudos.

Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência em gestão da informação;
. Competência em aprendizagem autónoma;
. Competência em investigar;
. Competência em organização e planificação;
. Competência em trabalho em grupo;
. Competência para comunicar com pessoas que não são especialistas na área;
. Preocupação com a qualidade;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas30
total horas lectivas30

Método de avaliação
Trabalho de síntese30 %
Trabalho de investigação30 %
Exame40 %
concretização da avaliação em 20142015
Avaliação Trabalho de síntese: 30.0%
Trabalho de investigação: 30.0%
Exame: 40.0%

Bibliografia de referência

Jefferson Hane Weaver: The world of physics: a small library of the literature of physics from antiquity to the present: 3 vols. New York: Simon and Schuster, 1987.

Lloyd Motz and Jefferson Hane Weaver. The concepts of science: from newton to Einstein. New York: Plenum Press, 1988.

Spencer R. Weart, Melba Phillips (eds).: History of physics. New York : American Institute of Physics, 1985.

Gerald Holton: Thematic origins of scientific thought : Kepler to Einstein. Cambridge : Harvard University Press, 1988

Gerald Holton: Physics, the human adventure : from copernicus to Einstein and Beyond / Gerald Holton, Stephen G. Brush. London : Rutger University Press, 1985.

Taton, R. (ed), Histoire Generale des Sciences, P.U.F, Paris, 1983.

Arthur Berry: A short history of astronomy, from earliest times through the nineteenth century. New York : Dover Publications, 1961.

Edward Grant: Physical science in the midle ages. New York : John Wiley, 1971.

Método de ensino

A História das Ideias em Física é apresentada como um empreendimento humano, resultante do contributo individual e de comunidades científicas que também refletem as preocupações sociais e éticas de uma determinada época.

Serão analisados alguns aspectos do desenvolvimento dos instrumentos e das técnicas experimentais dos séculos XVII e XIX. Através de atividades de pesquisa resultará a apresentação de trabalhos escritos e apresentações orais. Esta estratégia permitirá fomentar as relações interpessoais e o trabalho em equipa.

Recursos específicos utilizados
Para a concretização do programa de ensino serão necessários meios audiovisuais e computadores.
Recorrer-se-á também à colecção de instrumentos de Física dos séculos XVIII e XIX, bem como ao fundo bibliográfico antigo pertencentes ao Departamento de Física da Universidade de Coimbra.