DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

Física I - EB

Ano letivo: 2011-2012
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
1002951116pt


Objectivos formativos

- Reconhecer e utilizar conceitos e princípios básicos da Física, estimulando a sua ligação ao estudo dos sistemas com interesse para a engenharia biomédica. Analisar, sintetizar e processar informação.

- Saber utilizar as metodologias e as técnicas adequadas em Física, aplicando-as em situações e em sistemas com interesse para a engenharia biomédica.

- Reconhecer a importância da física na interpretação e explicação de fenómenos da área das ciências da engenharia, em particular, e da ciência e da tecnologia, em geral.

- Preparar, processar, interpretar e comunicar informação física, utilizando fontes bibliográficas pertinentes, discurso adequado e as ferramentas apropriadas.

Programa genérico mínimo
MECÂNICA DA PARTÍCULA E DE SISTEMAS:
Leis de Newton
Forças de atrito
Forças conservativas e energia potencial
Conservação da energia mecânica
Conservação da energia na presença de forças não conservativas
Teorema do centro de massa
Conservação do momento linear
Conservação do momento angular

MECÂNICA DOS FLUIDOS
Noções e princípios fundamentais de hidroestática
Dinâmica de fluidos não viscosos. Equação de Bernoulli - aplicações
Fluidos viscosos: viscosidade, fluidos não newtonianos sem e com histerese, fluxo laminar e turbulento, número de Reynolds, atrito em fluidos viscosos, equação de Poiseuille - aplicações, lei de Stokes - aplicações. Viscosidade do sangue

FENÓMENOS DE SUPERFÍCIE
Tensão superfícial de um líquido, superfícies curvas nas interfaces líquido-ar
Energia de coesão e energia de adesão
Superfície de separação entre dois líquidos não miscíveis
Capilaridade: tubos capilares, capilaridade entre lâminas
Camadas monomoleculares
Tensões de contacto entre um líquido e um sólido
Absorção à superfície de sólidos

OSCILAÇÕES
Movimento harmónico simples (MHS)
Sobreposição de dois MHS
Oscilações amortecidas
Oscilações forçadas e ressonância

Pré-requisitos
Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência para resolver problemas;
. Competência em raciocínio crítico;
. Competência em aprendizagem autónoma;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
. Competência em organização e planificação;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência em gestão da informação;
. Adaptabilidade a novas situações;
. Criatividade;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas45
aulas teórico-práticas30
total horas lectivas75

Método de avaliação
Exame100 %

Bibliografia de referência

H. Benson, University Physics, John Wiley & Sons, Revised edition, New York (1995)
D. C. Giancoli, Physics for Scientists and Engineers, 3rd ed., Prentice Hall, New York (2000)
D. Halliday e R. Resnick, Fundamentos de Física, Livros Técnicos e Científicos, Rio de Janeiro (1985)
D. Halliday, R. Resnick e K.S. Krane, Physics, 5th Ed.
J.W. Kane, M.M. Sternheim, Physics, 3rd ed. John Wiley & Sons, New York (1988)
J.B. Marion e W.F. Hornyak, General Physics with Bioscience Essays, John Wiley & Sons, 2nd Ed., New York (1985)
F. Sears, M.W. Zemansky e H.D. Young, Física, 2ª ed., Livros Técnicos e Científicos, Rio de Janeiro (1985)
P.A. Tipler, Física para cientistas e engenheiros, 3ª ed., Editora Guanabara Koogan Rio de Janeiro (1994)



Método de ensino



Ensino expositivo com referências constantes aos sistemas físicos cuja descrição mais possa interessar aos alunos de engenharia biomédica. Será enfatizada a referência a situações do dia a dia que podem ser explicadas recorrendo aos conceitos da física que se aprendem na disciplina. Procurar-se-á desta forma ilustrar a utilidade e a importância da física como disciplina estruturante em cursos de ciências e de tecnologias.






Recursos específicos utilizados