DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

Bioelectricidade e Biomagnetismo - EB

Ano letivo: 2016-2017
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
1002990126pt


Objectivos formativos
Aprofundamento dos conhecimentos numa área fundamental para a compreensão dos fenómenos da bioeletricidade e do biomagnetismo.
Capacidade para procurar e utilizar bibliografia, organizando um conjunto consistente de informações relativas à área referida.
Capacidade para resolver problemas, incluindo o desenvolvimento de competências matemáticas adequadas a esse fim.
Capacidade para implementar e interpretar experiências simples relacionadas com o conteúdo da disciplina.
Contribuição para o aumento da cultura geral científica, motivador para o estudo de outras áreas em que o electromagnetismo tem aplicações importantes.

Competência em comunicação oral e escrita
Competência em gestão da informação
Competência em raciocínio crítico
Preocupação com a qualidade
Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos
Competência em análise e síntese
Conhecimento de uma língua estrangeira
Competência para resolver problemas
Programa genérico mínimo
1. Bioeletricidade
1.1. Propriedades elétricas das células
1.2. Campo elétrico e potencial elétrico
1.3. Distribuição de carga numa célula em repouso
1.4. Transmissão passiva de sinais elétricos numa célula nervosa
1.5. Resposta elétrica não-linear numa célula excitável
1.6. Medição de potenciais extra-celulares
1.7. Efeitos fisiológicos de uma corrente elétrica exterior

2. Biomagnetismo
2.1. O campo de indução magnética.
2.2. Campos magnéticos associados à actividade elétrica do coração, cérebro e fibras nervosas
2.3. Medidas de suscetibilidade magnética em sistemas fisiológicos.

3. Radiação eletromagnética
3.1. Leis de Faraday e de Lenz
3.2. Equações de Maxwell no vazio
3.3. Produção e deteção de ondas eletromagnéticas
3.4. Radiação eletromagnética não ionizante

4. Circuitos eléctricos: regimes transitórios em diversos tipos de circuitos
Pré-requisitos
Física I, Física II; Análise Matemática I, Análise Matemática II; Biologia Celular e Molecular.
Competências genéricas a atingir
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência em gestão da informação;
. Competência em raciocínio crítico;
. Preocupação com a qualidade;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
. Competência em análise e síntese;
. Conhecimento de uma língua estrangeira;
. Competência para resolver problemas;
. Competência para comunicar com pessoas que não são especialistas na área;
. Competência em autocrítica e auto-avaliação;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas45
aulas práticas laboratoriais30
total horas lectivas75

Método de avaliação
Trabalho laboratorial ou de campo20 %
Frequência80 %

Bibliografia de referência
+ Campo Electromagnético, L. Brito, M. Fiolhais e C. Providência, Ed. McGraw-Hill de Portugal, 1999.

+ Electromagnetic Fields, R. K. Wangsness, 2nd ed., John Wiley & Sons, N.Y., 1979.

+ Intermediate Physics for Medicine and Biology, R. K. Hobbie, 3rd ed., Springer-Verlag, N.Y., 1997.

+ Introduction to Electrodynamics, D. J. Griffiths, 3rd ed., Prentice Hall International, Inc., 1999.

+ Physics With Illustrative Examples From Medicine and Biology Electricity and Magnetism, G. B. Benedek e F. M. H. Villars, 2nd ed., Springer-Verlag, N. Y. Inc., 2000.
Método de ensino
Aulas de apresentação dos conceitos fundamentais, com o enquadramento adequado a esta disciplina.
Aulas de discussão /resolução de problemas onde se procura ligar os conceitos abordados a situações práticas, ordens de grandeza, e estimativas acerca das grandezas físicas específicas do âmbito da bioeletricidade e do biomagnetismo.
Aulas de laboratório onde os alunos aplicam os conceitos teóricos em experiências simples.
Apoio ao trabalho individual dos estudantes no sentido de estes desenvolverem trabalho de recolha de informação teórica e experimental, análise e sistematização dessa informação
Recursos específicos utilizados
Equipamento experimental existente nos laboratórios didácticos do Departamento de Física.