DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

Engenharia de Tecidos - EB

Ano letivo: 2009-2010
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
2004431116pt


Objectivos formativos
Por definição, a engenharia de tecidosé uma ciência que estuda a possibilidade de, a partir da combinação de células, de materiais de engenharia e factores bioquímicos se pode melhorar ou substituir certas funções biológicas. É um campo interdisciplinar, onde, com base na engenharia e nas ciências da vida se pode reproduzir uma estrutura biológica que, por si, pode melhorar ou substituir o tecido de um órgão. Com o programa desta unidade curricular, pretende-se que o aluno fique ciente dos problemas envolvidos na síntese de novos tecidos biológicos e, consequentemente na possibilidade de melhorar, restaurar ou mesmo substituir tecidos biológicos já existentes.
Programa genérico mínimo

Análise de processos fundamentais em engenharia de tecidos para aplicações terapêuticas e para a construção de modelos in vitro de tecidos humanos, recorrendo ao uso de exemplos. Princípios de projecto e abordagens de engenharia para controlar processos de recepção-mediação, tais como migração de células, crescimento e diferenciação.
Limitações de transferência de massa. Organização de estruturas multicelulares.
Suportes poliméricos ou hidrogéis para células biológicas. Sua biocompatibilidade. Optimização das condições para o crescimento das células biológicas.
Regeneração de tecidos. Perspectivas clínicas actuais.
Pré-requisitos
Biologia molecular. Biomateriais.
Reactores biológicos.
Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência para resolver problemas;
. Competência em raciocínio crítico;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
. Competência em investigar;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência em trabalho em grupo;
. Competência para comunicar com pessoas que não são especialistas na área;
. Adaptabilidade a novas situações;
. Iniciativa e espírito empreendedor;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas30
aulas práticas laboratoriais20
seminário10
outras actividades20
total horas lectivas80

Método de avaliação
Relatório de seminário ou visita de estudo10 %
Trabalho laboratorial ou de campo20 %
Exame50 %
Outros20 %

Bibliografia de referência
Anthony Atala,Robert Lanza Methods of Tissue Engineering, 2002
D.Ratner, Allan S.Hoffman, Biomaterials Science. An Introduction to
Materials in Medicine, 2004
Método de ensino
Exposição dos conceitos teóricos e metodologias de abordagem de problemas, acompanhados da resolução de alguns exemplos de aplicação.
Apresentação de casos práticos e discussão de problemas mais complexos com os alunos organizados em grupos.

Recursos específicos utilizados

- Sala equipada com meios audiovisuais
- Sala com recursos computacionais e acesso a Internet
- Laboratório de biomateriais equipado com meios de síntese e caracterização de materiais