DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

 - 

Ano letivo: 2003-2004
Especificação técnica - ficha curricular
N.B. estas fichas estão definidas apenas desde 2007 (acordo de Bolonha).

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
16pt


Objectivos formativos
O cérebro controla a actividade do corpo humano, a nível físico e comportamental. O sistema nervoso, no qual se inclui o cérebro, é composto por neurónios, que comunicam através de sinais, possibilitando o processo de aprendizagem e a formação da memória. Apesar de todo o conhecimento gerado no século passado, devido à reduzida acessibilidade, o nosso cérebro é ainda um enigma em muitos aspectos. Nesta perspectiva, é importante aprofundar o conhecimento sobre os processos básicos de funcionamento das células que constituem o sistema nervoso.
Assim, esta disciplina do perfil em Neurociências pretende dar formação específica fundamental acerca do modo como o sistema nervoso central e periférico funcionam, servindo de base para as outras disciplinas deste perfil.

Programa genérico mínimo
1. Características do sistema nervoso:
- O sistema nervoso central (principais áreas cerebrais) e periférico
- As células do sistema nervoso (neurónios, astrócitos, oligodendrócitos e microglia)
- O paradigma da retina
2. O processo de neurotransmissão:
- Excitabilidade neuronal e fluxo iónico
- Importância da mielinização na condução do impulso nervoso
- Mecanismos de exocitose as proteínas sinápticas
- Transporte axonal importância do citosqueleto
3. Sinalização intercelular e intracelular
A) Principais tipos de neurotransmissores, respectivos receptores membranares e vias de sinalização:
- Acetilcolina
- Dopamina e noradrenalina
- Serotonina (5-HT)
- Glutamato
- GABA
- Glicina
- Histamina
- Opióides
B) Principais neuromoduladores, neurotransmissores não-convencionais e respectivos receptores membranares e vias de sinalização:
- O sistema purinérgico: Adenosina e ATP
- Neuropeptídeos: Substância P, Neurotensina e Neuropeptídeo Y
- Monóxido de azoto e monóxido de carbono
- Factores neurotróficos (BDNF, NGF, GDNF, CNTF) e principais factores de transcrição
C) Sistema neuroendócrino e o hipotálamo
Pré-requisitos
Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência em trabalho em grupo;
. Competência em raciocínio crítico;
. Competência em entender a linguagem de outros especialistas;
. Competência em organização e planificação;
. Conhecimento de uma língua estrangeira;
. Competência em aprendizagem autónoma;
. Adaptabilidade a novas situações;
. Criatividade;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas45
aulas teórico-práticas15
seminário2
total horas lectivas62

Método de avaliação
Relatório de seminário ou visita de estudo10 %
Frequência75 %
Outros15 %

Bibliografia de referência
- Siegel GJ, Albers RW, Brady S, Price DL (2005) Basic Neurochemistry: Molecular, Cellular and Medical Aspects, Elsevier, 7th edition.
- Purves D, Augustine GJ, Fitzpatrick D, Katz LC, LaMantia A-S, McNamara JO, Williams SM (2001) Neuroscience, Sinauer Associates Inc., 2nd edition.

Método de ensino
Nas aulas teóricas (3 horas/semana) leccionar-se-ão os conhecimentos básicos de anatomia, fisiologia e composição do sistema nervoso. Para além disso, dar-se-á formação específica fundamental acerca do modo como o sistema nervoso central e periférico funcionam e como integram os sinais intra- e extracelulares. Estas aulas visam aprofundar os mecanismos biológicos e moleculares das células que constituem o sistema nervoso, estimulando a compreensão e a integração dos conhecimentos adquiridos.
Nas aulas teórico-prácticas (1 hora/semana), os alunos farão a apresentação oral de trabalhos científicos actualizados publicados em revistas internacionais especializadas sobre os principais temas leccionados nas aulas teóricas, permitindo desta forma consolidar os conhecimentos adquiridos, que servirão de base para outras disciplinas deste perfil.
No seminário (1 seminário de 2 horas/semestre), os alunos terão a oportunidade de ouvir palestrantes convidados conceituados nas suas áreas de investigação. Pretende-se que os alunos participem activamente nestes seminários através de apresentações curtas de um trabalho de grupo sobre o(s) tema(s) do seminário e que coloquem questões aos palestrantes convidados. De modo a que os alunos tirem o máximo proveito do seminário, as apresentações e as questões serão previamente discutidas com o responsável da disciplina.

Recursos específicos utilizados
Acesso a internet.