DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

Metodologias Científicas de Caract. e Diagnóstico - MPCM

Ano letivo: 2016-2017
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
20264541210pt *)

*) N.B.  se houver estudantes que não falem português a língua é o inglês.

Objectivos formativos
Adquirir uma visão abrangente das técnicas e métodos científicos disponíveis actualmente e da sua utilização em estudos de caracterização e diagnóstico de problemas que surgem associados ao património cultural. Saber tomar decisões sobre as acções a empreender para uma efectiva salvaguarda do património cultural. Conhecer o que se desenvolve na investigação científica relevante para este campo.
Adquirir competências em análise e síntese, em organização e planificação, em trabalho de equipa interdisciplinar, em comunicação oral e escrita.
Programa genérico mínimo
Resenha de técnicas científicas actualmente usadas para o estudo de materiais aplicados em bens culturais:
1. Análise elementar - espectroscopia e espectrometria atómicas, fluorescência de raios-X, análise por activação de neutrões, emissão de raios-X induzida por partículas
2. Análise molecular e estrutural - espectrometria de massa, métodos biomoleculares, espectroscopia Raman, análise térmica, espectroscopias UV-VIS-NIR, FTIR e FORS
3. Microscopia electrónica e micro-sonda
4. Análise isotópica - radiocarbono
5. Petrografia
6. Sedimentologia
7. Manipulação de dados e análise estatística
8. Espectrocolorimetria e imagens hiper-espectrais
Problemas associados à degradação do património cultural e abordagens a seguir para os resolver.
Os desenvolvimentos mais recentes da investigação científica aplicada a bens culturais.
Pré-requisitos
NA
Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência em organização e planificação;
. Competência em gestão da informação;
. Competência para resolver problemas;
. Competência em trabalho em equipas interdisciplinares;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência em entender a linguagem de outros especialistas;
. Competência em aprendizagem autónoma;
. Preocupação com desenvolvimento sustentado;
. Competência em investigar;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teórico-práticas60
orientação tutorial5
total horas lectivas65

Método de avaliação
Relatório de seminário ou visita de estudo40 %
Trabalho laboratorial ou de campo10 %
Trabalho de síntese50 %

Bibliografia de referência
Modern Analytical Methods in Art and Archaeology, Ed. Enrico Ciliberto and Giuseppe Spoto. Chemical Analysis Series, vol. 155, John & Wiley Sons, Inc, 2000.
Understanding Materials Science - history, properties, applications
Rolf E. Hummel
Springer, 1998
Concise Encyclopedia of Materials Characterisation
R.W.Cahn, E.Lifshin
Pergamon, 1993
A Guide to Materials Characterization and Chemical Analysis
J.P.Sibilia
Wiley, 1996
Environmental microscopy in stone conservation
Sudeep M. Rao, C. Jeffrey Brinker, Timothy. J. Ross. Scanning. Volume 18, Issue 7, pages 508?514, October 1996
Stone Conservation. An Overview of Current Research
Second Edition
Eric Doehne and Clifford A. Price
Research in conservation. The Getty Conservation Institute, Los Angeles 2010
Techniques in Sedimentology
M. E. Tucker (Editor)
Wiley-Blackwell 1991
Método de ensino
Modelo de ensino fundamentalmente teórico-prático, conciliando, de forma equilibrada, com exposições teóricas, apresentação e discussão de casos concretos de aplicação, visitas a laboratórios de investigação e realização de algumas experiências e sua análise.
Recursos específicos utilizados